Tocantins

 

Imprensa do turismo nacional, mercosul e Portugal

chegam a Palmas em junho

Usos e costumes, artesanato, gastronomia, cultura local e especialmente o potencial turístico do Estado do Tocantins serão mostrados aos jornalistas da imprensa nacional, mercosul e Portugal de 20 a 23 de junho, durante o 30º Congresso Nacional da Abrajet – Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo.
Palmas sedia o evento, por isso adiantamos um pouco de sua história, quando teve sua pedra fundamental lançada no dia 20 de maio de 1989, dando início à construção da última cidade brasileira planejada no século passado. A capital definitiva do Estado do Tocantins foi instalada no dia 1º de janeiro de 1990 e os poderes constituídos foram transferidos da capital provisória, município de Miracema, para o plano diretor da nova cidade.
O nome
Palmas foi escolhido em homenagem a Comarca de São João da Palma, sede do primeiro movimento separatista da região, instalada em 1809 na barra do rio Palma com o rio Paranã. O grande número de palmeiras, espécie nativa da região, foi outro fator que influenciou na escolha do nome. 

Em apenas 24 anos de existência, segundo o último senso do IBGE, Palmas tem ao todo 68.075 domicílios ocupados e conta com o crescimento populacional de 66,21% na última década, somando ao todo uma população de 228.297 habitantes, sendo 112.814 homens e 115.483 mulheres. Contando também com uma população rural de 6.570 pessoas e população urbana de 221.727 pessoas.
A Capital tocantinense oferece uma boa qualidade de vida a seus moradores, com infraestrutura básica. Palmas possui uma posição geográfica privilegiada, funcionando como um elo entre a região Norte e o restante do País. A cidade é localizada no coração do Brasil e é cercada pelas serras do Carmo, Lajeado e pelo rio Tocantins.
A cidade segue um plano diretor que privilegia as áreas verdes com espaços para o lazer. O meio ambiente recebe atenção especial da Prefeitura da capital. Preservar a natureza é a palavra-chave na cidade considerada uma das mais arborizadas do País, além de plantas ornamentais, plantadas nos jardins, praças, canteiros e passeios públicos, distribuídos em toda a cidade.

 A população pode desfrutar de várias opções de lazer gratuitamente. Da Praça dos Girassóis na qual estão instaladas as sedes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do Estado ao Parque Cesamar, um local para caminhar e manter a boa forma e também o Bosque dos Pioneiros, uma praça bastante arborizada, que abriga a feira de artesanato da cidade, aos domingos.

Luzinete Bispo – Abrajet Tocantins
 

 

TOCANTINS

Ilha do Bananal

As preocupações e o ritmo alucinante da vida moderna parecem pertencer a outro mundo à medida que adentramos o território da Ilha do Bananal. Na estação chuvosa, que vai de outubro a março, aproximadamente 80% do seu território fica alagado, formando belíssimos pantanais, transponíveis apenas por embarcações. Nos meses de seca surgem as praias de areia fina e branca, mudando radicalmente a paisagem.

Para explorar as belezas da Ilha do Bananal, visite Formoso do Araguaia e Lagoa da Confusão. Muitas surpresas esperam por você na maior ilha fluvial do mundo.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!