Paratur e Abrajet anunciam em junho vencedores do prêmio de jornalismo

Comendador Joaquim Marques dos Reis

A Companhia Paraense de Turismo (Paratur) e a Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Estado do Pará (Abrajet Pará) anunciam no próximo dia 28 de junho o nome dos vencedores do II Prêmio de Jornalismo em Turismo (Comendador Marques dos Reis”. A premiação, que tem apoio do Sindicato dos Jornalistas do Estado do Pará (Sinjor-PA), da Abrajet Nacional e patrocínio oficial do Banpará acaba de ganhar um novo parceiro, a OS Para 2000 que vai sediar anfitriã, na Estação das Docas, da cerimônia de premiação, momento mais esperado pelos quase 100 jornalistas do Brasil e do exterior que disputam as três principais colocações nas categorias jornalismo impresso, telejornalismo, webjornalismo, radiojornalismo e fotografia.
O tema principal do Prêmio é o turismo no Pará e segue as diretrizes do Plano Ver-o-Pará – Plano Estratégico de Turismo do Pará, lançado em 2011 pelo Governo do Estado visando dar maior competitividade aos destino Pará que busca, até 2020, assumir a liderança como principal destino turístico da Amazônia, como explica a presidente da Paratur, Socorro Costa.

“A missão da Paratur prioriza a promoção e a divulgação do turismo do Pará. Essa parceria com a imprensa especializada é imprescindível nesta missão. Por isso, o apoio aos profissionais de comunicação que colocam em pauta o turismo do Pará faz parte da nossa rotina, seja através deste Prêmio, seja por meio do nosso programa de Press Trip, ligado à Diretoria de Marketing da Paratur, através do qual anualmente apoiamos a produção jornalística de centenas de profissionais”. Explica Socorro Costa que acaba de completar um ano na Paratur mas já construiu uma excelente rede de relacionamento com a imprensa regional e nacional.
O secretário de Turismo do Pará, Adenauer Góes, comenta que o Prêmio não é apenas uma iniciativa de recompensa ao profissional de comunicação. “É o reconhecimento desse profissional que tem em mãos uma ferramenta capaz de transformar a concepção do turismo como simples atividade de lazer em uma atividade econômica forte, geradora de emprego e renda e que envolve mais de 50 atividades, por isso considerada uma das indústrias que mais cresce em todo o mundo”. Afirma Adenauer, para quem houve uma transformação muito grande nesse setor no Pará desde 1936, quando o comendador Marques dos Reis chegou de Portugal ao Pará e ingressou tanto no jornalismo especializado quanto no turismo. “Hoje o turismo é compreendido pelo governo, pela sociedade civil organizada e pela iniciativa privada como geradora de divisas, afinal, o fluxo atual de quase um milhão de visitantes deixa no Pará cerca de R$ 400 milhões por ano. Devemos considerar o impacto desse resultado no fortalecimento da economia do Pará, que também se beneficia, a partir do turismo, de uma imagem positiva projetada pela nossa cultura, natureza, nossos eventos, pela gastronomia, por nossos artistas entre outros que contribuem para apresentarmos ao mundo o Pará, obra-prima da Amazônia. Enfatiza Adenauer Góes.
 Leia Mais...


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!